MANHÃ DE SÁBADO

Já estou em momento de preparação da nossa 2a. Mostra de mosaico Cola Caco. Este ano, o evento acontecerá no dia 1/11, dia de Todos os Santos. Nada mal para a temática escolhida: FÉ.

Uma das imagens escolhidas por mim é um peixe. Atraída pelo simbolismo desse animal, que em inúmeras tradições religiosas é o possuidor da função de revelação, inicio meu trabalho de produção musiva.

Em diferentes culturas, o peixe aparece como símbolo da prosperidade, abundância e boa colheita. Em chinês, por exemplo, “peixe” tem a mesma pronúncia de abundância e o ditado “a carpa saltou pela porta” simboliza a concretização de um sonho. Já na Alquimia, o peixe possuía a qualidade simbólica de orientador e de revelador de um processo, de um caminho a ser seguido pelo adepto. No Cristianismo, o animal marinho é um símbolo recorrente amplamente utilizado. A passagem mais conhecida talvez seja o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes. Porém, o peixe simboliza muito mais nessa cultura. Se tiver interesse, recomendo uma pesquisa mais aprofundada.


Curiosidade: Na cultura chinesa, acredita-se que para atrair riqueza e prosperidade, é muito comum ter nos ambiente um aquário com oito peixes vermelhos e um preto. O oito é um número que está associado à fama e à riqueza; o um é o número indivisível. Juntos fazem nove, o número do dragão, do imperador.

 

Outras citações:

– A soberania e a santidade são distribuídas pelos gênios marinhos em forma de peixes, serpentes ou dragões.

– A força magico-religiosa era transmitida aos heróis por seres míticos femininos com “cheiro de peixe”.

– O ideograma de Cristo é “ICHTUS” (peixe em grego) = “Iesus Christós Theou Uios Soter” = “Jesus Cristo, filho de Deus, Salvador”;

quero receber newsletter



No Comments, Be The First!

Your email address will not be published.