ZINE PARA COLORIR COM DESENHOS INFANTIS

2015-08-22-2B10.15.32

Uma vez eu fiz um zine*. Foi muito antes da moda do livro de colorir no Brasil. Eu via minha filha crescer e queria lembrar da infância passada de qualquer forma. Foi quando eu arrumei as pastas de desenho com aqueles traços infantis maravilhosos, fui numa copiadora e fiz o meu próprio caderninho de colorir com os desenhos dela que eu mais gostei naquele momento. Já preenchi com cores algumas páginas enquanto preencho a memória com lembranças do coração.

Posso garantir que se você tem “ex-crianças” por perto esse caderno de colorir é muito mais valioso e divertido.

A construção da caderneta é simples: depois de montar a sequência em papel A4 dobrado ao meio, é só costurar com um cadarço colorido.
Fica a ideia pra diversão adulta sem gastar muito!

 

 

 

 

 

 

*Fanzines, ou simplesmente zines, são, desde os anos 60, um meio de comunicação independente, feitos majoritariamente por “fãs” de determinadas subculturas, como cinema de ficção científica, música punk, jornalismo independente, e qualquer outro tema que a imprensa oficial não tratasse com profundidade. Eram geralmente xerocados ou mimeografados e trocados pelo correio ou em grandes encontros temáticos. Assim, além de uma publicação, era o ponto de partida para a criação de redes de pessoas interessadas nos assuntos abordados. https://semanacomunicacao2012.wordpress.com/2012/09/21/oficina-o-que-e-zine-com-projeto-vir-a-vila/

quero receber newsletter



No Comments, Be The First!

Your email address will not be published.